Aurora pede tarifas menores na exportação de frango e suínos

Aurora pede tarifas menores na exportação de frango e suínos

A cooperativa Aurora Alimentos pediu ao governo brasileiro que permaneça lutando pela redução das tarifas de importação cobradas na venda de carne suína e de frango a países como Coreia do Sul e Índia. O presidente da cooperativa, Neivor Canton, afirmou durante o Siavs 2022, realizado em São Paulo, que houve várias tentativas de convencer os países a reduzirem ou removerem impostos. “Por enquanto, há uma intransigência. Isso é ruim. O comércio tem que ser bilateral, recíproco. Não estamos preparados para atender a demanda do que eles poderiam nos vender”, acrescentou, referindo-se à Índia.

O dirigente falou ainda que há uma tarifa de 100% para vender frango para a Índia, um enorme mercado que o Brasil quer acessar de forma mais competitiva. A tarifa para vender carne suína para a Coreia do Sul é de 25%. O pedido do executivo ocorre em um momento de preços mais altos dos grãos, pressão de custos sobre os processadores de alimentos e aumento da inflação global de alimentos. “Todo movimento para reduzir as tarifas seria bem-vindo em toda a indústria. As tarifas tiram nossa margem. Hoje, se eu tenho 5% de margem, já fico feliz. Imagina pagar 25%”, reclamou.

 

Compartilhe:

Postagens relacionadas

Assine agora nossa newsletter

Mantenha-se informado sobre as últimas notícias, tendências e eventos da Suinocultura!
plugins premium WordPress
Enviar uma mensagem
1
Olá 👋
Podemos ajudá-lo?