Doença de Aujeszky é identificada no RGS, mas não traz riscos para o estado

Doença de Aujeszky é identificada no RGS, mas não traz riscos para o estado

Em São Gabriel, no estado do Rio Grande do Sul, foi detectado suínos com a “doença de Aujeszky” e o cenário está sendo monitorado pelas lideranças locais do setor. A notícia circulou nas redes sociais, mas Valdecir Folador explicou ao Notícias Agrícolas que se trata de um caso pontual.

A propriedade tinha 40 animais, todos foram abatidos, seguindo as recomendações sanitárias de controle. “Em São Gabriel é inexpressivo na produção, o total de rebanho de suínos é pouco mais de mil animais. Esse foco já está sendo controlado, hoje as equipes da área sanitária já estão fazendo abate sanitário, eliminando o problema. Isso não vai afetar em nada a produção do estado e localmente não muda nada a questão econômica”, afirma.

Ainda de acordo com ele, um monitoramento no raio de dois quilômetros da propriedade também será feito nesta semana. “Para monitorar e ver os animais nas outras propriedades. Será seguido todo o protocolo sanitário recomendado para ocorrências deste tipo”, afirma.

Complementa ainda que o caso não deve trazer problemas nas exportações brasileiras. O único país que poderia colocar algum impedimento nos embarques seria Rússia, que já não importa grandes volumes da carne brasileira desde 2018.

Sobre a doença – A Doença de Aujeszky (DA) é uma doença causada por um vírus da família Herpesviridae, subfamília Alphaherpesvirinae, e pode acometer os suínos domésticos, silvestres e asselvajados, além de uma grande variedade de mamíferos: bovinos, ovinos, caprinos, equinos, cães, gatos, coelhos e mamíferos silvestres, todos considerados hospedeiros finais. Importante salientar, que qualquer caso suspeito é de notificação imediata ao serviço veterinário oficial.

Compartilhe:

Postagens relacionadas

Assine agora nossa newsletter

Mantenha-se informado sobre as últimas notícias, tendências e eventos da Suinocultura!
plugins premium WordPress
Enviar uma mensagem
1
Olá 👋
Podemos ajudá-lo?