Produção de suínos no Vietnã deve crescer até 12% em 2021, estima Rabobank

Produção de suínos no Vietnã deve crescer até 12% em 2021, estima Rabobank

O Vietnã deve buscar um quadro de recuperação do rebanho suíno em 2021, mantendo as importações de animais reprodutores. De acordo com o Rabobank, a produção de suínos no país deverá aumentar de 8% a 12% neste ano, ainda que o país tenha registrado surtos de peste suína africana em algumas províncias no inverno.

De acordo com o banco, o impacto da doença é menor frente a surtos anteriores, embora ainda ameacem as pequenas fazendas familiares. Nas propriedades de grande escala os riscos da enfermidade já são vistos como menores, devido à biossegurança.

Conforme o Rabobank, o rebanho de porcas do Vietnã tem aumentado constantemente. No entanto, estima-se que um grande número de animais ainda são fêmeas mestiças de três linhagens, que apresentam produtividade inferior às fêmeas F1. Esta situação deve continuar em 2021, pois levará algum tempo para aumentar o rebanho de porcas F1.

Em 2020, o Vietnã importou reprodutores GGP e matrizes, sendo que o último veio principalmente da Tailândia. No total, as importações de rebanhos reprodutores chegaram a 242 mil cabeças em 2020, em comparação com 3.000 cabeças em 2019. As importações representam menos de 10% do rebanho total de porcas. O banco espera que as importações de rebanhos reprodutores continuem em 2021.

Fonte: Agência Safras

Compartilhe:

Postagens relacionadas

Assine agora nossa newsletter

Mantenha-se informado sobre as últimas notícias, tendências e eventos da Suinocultura!
plugins premium WordPress
Enviar uma mensagem
1
Olá 👋
Podemos ajudá-lo?